• 12
    MAI

    KIKO, UM PATINHO QUE NÃO RESPEITAVA REGRAS!



    (Fonte da imagem: Google!)

    Kiko, um patinho que não respeitava regras!

    Num belo rio vivia Kiko, juntamente com sua família e amigos. Era um rio muito extenso e as regras por lá eram simples, para que nenhum dos patos menores passassem da linha limite. Pois logo depois dessa linha, havia uma correnteza enorme e era muito perigoso para os menores que ainda não sabiam se proteger.

    O chefe dos patos falou:

    - Obedeçam nossas regras, pois se um de vocês passarem da linha, será muito difícil de alcançá-lo, pois a correnteza é forte e rapidamente o levará para muito longe, ficando impossível de ajudá-lo.

    Todos os patinhos aceitaram as regras e perceberam o perigo que seria descumpri-la. Porém Kiko não aceitou e falou para seus amigos que iria atravessar a linha para ter certeza se tudo que falavam era verdade.

    - É muito perigoso, você pode se afogar com a correnteza forte. (falaram os patinhos)

    - Eu irei de barco! Vou remar forte e a correnteza não irá me atrapalhar. Preciso ter certeza se esse rio é tão perigoso quanto falam.

    - Mais Kiko, regras servem para serem cumpridas, não devemos desobedecer!

    - Para mim não existem regras, faço o que quero! Amanhã pela manhã logo cedo pegarei o barco, antes que todos se acordem e irei ultrapassar a linha. Depois conto a vocês como foi.

    No dia seguinte Kiko acordou logo cedo, pegou o barco e começou a remar até passar da linha limite, ao passar, a cada remada que dava ele percebia que a velocidade aumentava, mas não ligou, pois tinha certeza que daria para controlar com os remos. Porém, em certo momento a correnteza estava muito rápida, Kiko tentava controlar seu barco, perdeu os remos e seu barco virou!

    Ele tentou nadar, porém não tinha força o suficiente para vencer a velocidade da água do rio. Já estava perdendo as esperanças, quando enfim sentiu algo lhe puxando da água. Era o pato chefe, que soube o que Kiko estava querendo aprontar. Quando ficou sabendo, rapidamente chamou alguns dos patos mais velhos e juntos nadaram o máximo que podiam até chegarem em Kiko a tempo de salvá-lo.

    O pato chefe ficou furioso e disse:

    - Kiko, você poderia ter se afogado se não fosse seus amigos que tivessem contado para mim o que estava querendo fazer. Regras servem para serem cumpridas, elas servem para o nosso bem. Espero que você tenha aprendido a lição!

    - Aprendi sim senhor! Eu não acreditei em vocês e quase me afoguei. Peço desculpas pela minha desobediência e prometo que de agora em diante para mim regra será LEI!

    ((Crianças, obedeçam os mais velhos, pois tudo que eles falam é sempre para o nosso bem!))

    Por Minéia Pacheco!

    Avatar








    MINÉIA PACHECO
    Escritora



  • ANUNCIE AQUI




    PARA PENSAR

    Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo...
    (Fanny Abramovich)





    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.