Dois Amigos e Um Problema!


(Fonte da imagem: Google!)

Dois Amigos e Um Problema!

Gabriel e Arthur se conheceram no parquinho do bairro, todos os dias estavam juntos e se tornaram grandes amigos, porém, nunca cediam aos desejos um do outro, cada um queria brincar do seu jeito e nenhum queria dar a vez.

- Gabriel, hoje iremos brincar de corrida! (Falou Arthur)

- Não Arthur, vamos brincar de construir castelos de areia! (Falou Gabriel)

E como ambos não entravam em um acordo, cada um ia para um lado brincar sozinho, mas não era a mesma coisa, a brincadeira ficava muito chata e sem graça.

- Arthur venha brincar comigo, não gosto de brincar sozinho. (Falou Gabriel)

- Irei se você vir brincar primeiro comigo. (Falou Arthur)

- A minha brincadeira é mais divertida. (Falou Gabriel)

- Não, a minha que é! (Falou Arthur)

O pai de Arthur estava de longe só observando as crianças e foi lá conversar com eles:

- Meninos já faz dias que vejo o quanto vocês discordam das mesmas brincadeiras, qual é o problema de vocês? Será que não veem que estão perdendo tempo discutindo por bobagens?

- Não é bobagem papai, minhas brincadeiras são sempre mais legais do que as de Gabriel e ele não percebe. (Falou Arthur)

- Não é verdade, sempre tento trazer alguma novidade aqui para o parquinho e Arthur não gosta de nada, quer tudo do jeitinho dele, por isso, prefiro brincar sozinho, a fazer os gostos dele. (Falou Gabriel)

- Sabem crianças, há alguns anos também vinha muito nesse parquinho brincar com um amigo que fiz aqui, e nós éramos como vocês, não concordávamos com nada e cada um ia brincar sozinho. Eu não gostava de brincar sozinho, não tinha graça nenhuma, porém eu e meu amigo não cedíamos nunca e fomos crescendo sem saber como era bom brincar juntos. E não quero que isso aconteça com vocês, não deixem que nada atrapalhe o prazer de uma brincadeira conjunta!

- Mas papai é muito difícil! (Falou Arthur)

- Não é não!

- Como podemos solucionar nosso problema? (Perguntou Gabriel)

- Bem, primeiro quero que vocês tirem par ou ímpar...

E então os amigos obedeceram ao pai de Arthur:

- Oba Ganhei!! (Falou Gabriel)

- Como Gabriel ganhou no par ou ímpar, hoje vocês brincarão do que ele quiser. E amanhã será a vez de brincarem do jeito que Arthur preferir, tudo bem?

- Mas papai... (Falou Arthur)

- Experimentem essa ideia que tive, tenho certeza que vocês irão amar e descobrir muitas coisas novas!

Ao brincarem conforme Gabriel desejava os amigos acabaram descobrindo como é bom brincar juntos e Arthur descobriu uma nova brincadeira, a qual havia gostado muito. No outro dia, foi a vez de brincarem conforme Arthur queria e foi mais um dia de muitas descobertas e alegrias...

Os dias foram passando e os amigos descobriram o quanto foi importante ceder e dar espaço ao outro, pois assim, puderam brincar sempre juntos e viverem momentos incríveis e felizes!

((Crianças, é importante saber dar espaço as novidades que os amigos têm a nos proporcionar!))

Por Minéia Pacheco!

2 comentários:

  1. Que especial ensinamento.
    Um show!
    Um beijo Minéia.

    ResponderExcluir
  2. Olá Minéia

    A historia está muito bonita. è a primeira vez que te visito mas não posso deixar de te dar os parabéns pelo seu blog :)

    Um beijo
    Sofia

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto