O Pequeno Anjinho!


(Fonte da imagem: Google!)

O Pequeno Anjinho!

Gabriel desde muito pequeno tinha um hábito muito encantador, todos os dias ajoelhava-se aos pés da cama para agradecer a Deus por mais um dia, pela família, pelos amigos, pela comida, enfim, por tudo em sua vida!

Em casa sempre demonstrava muita alegria, paz e amor a todos da sua família, nunca reclamava de nada, nunca brigava com seus irmãos, para ele tudo estava perfeito. Mas sua mãe havia percebido que ele não mais participava das brincadeiras com seus irmãos, só vivia trancado em seu quarto e foi conversar com ele para saber o que estava acontecendo:

- Filho, o que você tanto faz trancado nesse quarto?

- Converso muito com meu amigo, mamãe!

- Mas que amigo é esse que nunca o vejo?

- Mamãe, ele não aparece para todos, só para algumas pessoas.

A mãe de Gabriel saiu daquele quarto muito preocupada, sabia que era normal garotos da sua idade ter amigos imaginários, porém, ele já estava passando dos limites, pois passava o dia inteiro trancado naquele quarto, e isso não era normal. Então ela foi pedir para que Alice (irmã dele) fosse mais vezes ao quarto para conversar com ele, porém Alice respondeu:

- Mamãe, Gabriel anda muito estranho, ele vive conversando com um amigo invisível!

- Você já o ouviu falando alguma coisa para esse amigo? (Perguntou a mãe)

- Já ouvi sim mamãe, ele falava que o amigo poderia ficar tranquilo que ele iria continuar rezando todos os dias!

A mãe ficou mais preocupada ainda, quem poderia o mandar ficar rezando tanto assim? O que estava acontecendo com seu filho?

À noite, depois do jantar, Gabriel havia pedido permissão para ir ao seu quarto, quando estava indo, sua mãe o seguiu e ficou a o escutar pela porta, sem que ele pudesse vê-la.

E então Gabriel falou:

- Olá meu amigo, cheguei, podemos rezar mais uma vez?

E a mãe continuou a ouvi-lo...

- Vamos rezar por quem desta vez?

E então Gabriel calou-se... Sua mãe abriu um pouco a porta do quarto e o viu ajoelhado próximo a cama, então entrou e falou:

- Gabriel, com quem tanto você conversa?

- É um amigo mamãe!

- Mas para quem esse seu amigo manda você rezar tanto?

- Para muitas pessoas mamãe, ele e eu estamos tentando ajudar algumas com o poder da oração.

- Meu filho, você ultimamente não sai do seu quarto, só vive aqui conversando e rezando junto do seu amigo invisível, fico muito feliz em saber o quanto você está empenhado em tentar ajudar tantas pessoas, porém, não deve esquecer-se da sua própria vida!

- Eu sei mamãe, meu amigo falou que logo logo essas pessoas pelas quais rezamos, serão curadas e então eu poderei ir brincar com meus irmãos. Agora não posso deixar de ajudá-lo, pois ele precisa muito da minha ajuda.

- E porque ele não pede ajuda para outras pessoas?

- Porque nem todo mundo está pronto para ajudar quem precisa, ele disse que podia sempre confiar em mim, e que eu nunca iria lhe deixar na mão.

- Mas porque logo você?

- Ele falou que me via de longe rezando todos os dias, e isso o fez se aproximar de mim, pois me falou que sempre está próximo das pessoas que rezam sempre!

- Posso saber o nome desse seu amigo?

- Pode sim mamãe, ele se chama JESUS CRISTO!

(Crianças é muito importante rezarmos todos os dias, agradecer sempre por tudo em nossa vida, pois assim, Deus sempre estará ao nosso lado, nos protegendo e nos livrando de todo mal... Fiquem em Paz!)

Por Minéia Pacheco!

5 comentários:

  1. OI MInéia,
    mais um conto lindo e carregado de ensinamentos.
    Vou contar para a Sofia amanhã pois agora ela já dormiu.
    Você podi fazer um livro com todos eles, hein?
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Mineia,que encanto de história!Linda e amorosa!Gostei muito,pois mostra a importancia da oração!Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Oi Minéia,
    olha, quando você lançar o livro eu serei uma compradora garantida.
    E farei a divulgação no meu blog, tá?
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Que história linda...Amei! Contarei pra Dudu.beijocasss Giselda

    ResponderExcluir
  5. Milady Limajulho 16, 2010

    OI mana essa historinha ficou linda. Amei... Bjs!!!

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto