Clovis, o doutor de animais!


(Fonte da imagem: Google!)

Clovis, o doutor de animais!

Desde pequeno Clovis tinha certo fascínio pelo mundo animal. Todo animal que ele encontrava parava para observá-lo e admirá-lo. Mas entre todos, ele tinha uma grande paixão pelos cachorros. E quando lhe perguntavam o que ele queria ser quando crescer, sem hesitar ele respondia:

- Quero ser veterinário!

O tempo passou e Clovis em um belo adulto se transformou, formou-se no curso de medicina veterinária e montou seu próprio consultório de animais, estava realizado e muito feliz com seu trabalho.

Certo dia ao sair do seu consultório ele observou um pequeno cachorrinho sendo desprezado pelo seu dono, um menininho que aparentava ter uns sete anos.

- Saia daqui seu cachorro imundo não quero mais saber de você, vá embora, ou então irei te dar um chute!

- Ei menino! – falou Clovis. Porque maltratas esse pequeno cachorro, o que ele te fez?

- Ele fez xixi na minha cama e por isso irei jogá-lo na rua.

- Mas ele não teve culpa, o bichinho não sabia o que estava fazendo.

- É claro que sabia, os cachorros são muito espertos! Estou com muita raiva dele...

O menino se preparava para chutá-lo até que Clovis o repreendeu:

- Seus pais não lhe ensinaram o quanto é errado maltratar os animais? Será que você não percebe o quanto eles são indefesos e não merecem ser tratados dessa forma?

- Eles não sentem nada!

- Você está muito enganado, eles têm muitos sentimentos. Fico muito triste em saber o quanto você não compreende e não respeita os animais. Sabe garoto, você não merece ter animais, não merece receber o carinho deles.

- Não fale assim comigo, nunca ninguém me falou que os animais têm sentimentos, como poderia saber que eles os têm?

- Pois fique sabendo que eles têm e muito... E ficam muito tristes quando são tratados dessa forma.

- Estou muito triste por ter tratado tão mal meu cachorrinho, desculpe-me!

- Vamos ao meu consultório para fazermos uns exames nele.

- Vamos sim...

Então Clovis, o menino e o cachorro foram ao consultório veterinário, fizeram muitos exames no cachorrinho e o doutor deu muitas dicas de como tratar bem os animais, falando que eles devem ser tratados sempre com muito carinho e respeito.

Daquele dia em diante o menino passava sempre no consultório do Dr. Clovis sempre agradecendo pelos ensinamentos e o cachorrinho sempre ia com ele, haviam se tornado grandes amigos, inseparáveis!

- E aí garoto... – Falou Clovis. O que você deseja ser quando crescer?

E sem hesitar ele falou:

- Quero ser veterinário como o senhor e poder ajudar muitos animais que são maltratados por aí! Isso é um crime e eles devem ser sempre muito bem tratados.

- Muito bem garoto. Estou muito feliz em saber o quanto você aprendeu e tenho certeza de que você irá ajudar muitos animais por aí!

MINÉIA PACHECO!

4 comentários:

  1. Que linda história e que bom quando as crianças aprendem desde cedo a tratar bem, respeitar e cuidar dos animaizinhos que tem em casa ou que aparecem nas ruas.Adorei!beijos,lindo feriado,chica

    ResponderExcluir
  2. Minéia, obrigada pela doce visita ao meu cantinho e a participação na blogagem coletiva e ajuda na divulgação, vai ser maravilhoso espalhar amor!!

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá minha linda,

    seus contos são sempre educativos e mimosos. Gosto muito de vir aqui ! Bj com carinho e obrigada pela presença amável em meu blog.

    ResponderExcluir
  4. é isso aí não podemos maltratar os animais
    bjs

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto