• 22
    SET

    TROVÃO, UM CAVALO EXIBIDO!



    (Fonte da imagem: Google!)


    Trovão, um cavalo exibido!

    Na fazenda do avô de Joaquim havia vários cavalos, mas entre todos, um se destacava, Trovão, o cavalo mais bonito e mais bem tratado. O avô de Joaquim não poupava dinheiro quando o assunto era o bem estar do seu querido Trovão.

    Cercado por tantos cuidados e mimos, Trovão se tornou um cavalo muito exibido e metido. Os outros cavalos da fazenda não gostavam muito dele e sempre mantinham distância. Mas Trovão não se importava, ele era o melhor e sempre pensava que os outros cavalos tinham ciúmes dele.

    Joaquim, certa vez foi ao estábulo ver como estavam os cavalos do seu avô, deu uma leve olhada em Trovão e foi mais adiante para ver os demais cavalos, se admirou muito com um dos que estavam por lá.

    Correu para falar com um dos ajudantes do seu avô:

    - Por favor, você poderia selar aquele lindo cavalo que vi logo ali?

    - Claro, mostre-me...

    Trovão foi logo se preparando para receber a sela, pois para ele, o único cavalo lindo por ali era ele próprio. Mas qual não foi sua surpresa quando Joaquim e o rapaz passaram por ele sem nem mesmo lhe olharem.

    E Joaquim falou:

    - É aquele ali, o Pretinho!

    Trovão ficou apavorado, como poderia escolher aquele cavalo horrível em vez dele?

    Pretinho não contia em si de tanta felicidade. Quando Joaquim subiu, ele galopou muito tentando proporcionar um passeio incrível e inesquecível. Pois nunca havia sido escolhido por ninguém antes, era a primeira vez!

    Ao terminar o passeio Joaquim agradeceu muito o passeio e falou que no dia seguinte voltaria para irem passear novamente.

    Trovão não acreditou no que ouvia, como pode algum cavalo ser melhor que ele? (pensou).

    Pretinho chegou perto dele e falou:

    - Trovão, todos os cavalos são bons, ninguém é melhor que ninguém!

    - Pois eu sou melhor do que todos vocês juntos!

    No dia seguinte Joaquim chegou com um grupo de amigos e falou ao rapaz:

    - Por favor, coloque a sela em todos os cavalos que estão no estábulo lá trás, iremos fazer um belo passeio!

    - Agora mesmo!

    Joaquim montou em Pretinho e seus amigos nos demais cavalos, todos tinham ido passear, menos Trovão que tinha ficado sozinho e com muita raiva!

    - O que esse garoto viu nesses outros cavalos, será que ele não percebe o quanto sou mais bonito que eles?

    O passeio durou horas, até que enfim chegaram!

    Joaquim falou:

    - Pretinho, nunca tinha montado em um cavalo tão bom quanto você. Breve voltarei para outros passeios como esse.

    Os dias foram passando e cada vez mais Pretinho e seus amigos foram saindo e vivendo momentos incríveis. O avô de Joaquim pediu para que todos os cavalos fossem agora tratados igualmente, não haveria mais privilégios, tratamento igualzinho para todos, sem exceção.

    E o que aconteceu com Trovão, o cavalo exibido?

    Bem, como ele não suportou ser tratado igual aos demais, ficou muito violento. Então o avô de Joaquim resolveu vendê-lo. Foi vendido para um fazendeiro de uma cidade bem distante, ouvia-se falar que ele agora era puxador de carroça. Para um cavalo metido como ele, isso era um grande castigo... É o que dá querer ser melhor que os outros!


    MINÉIA PACHECO!

    Avatar








    MINÉIA PACHECO
    Escritora



  • ANUNCIE AQUI




    PARA PENSAR

    Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo...
    (Fanny Abramovich)





    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.