Blog Retrô - O último pingo de água da terra!





O último pingo de água da terra!

José desperdiçava muita água com bobagens. Ele não dava importância ao real valor que ela possuía em sua vida. Seus filhos sempre falavam:

- Papai, não desperdice tanta água, será que o senhor não vê nos jornais e na televisão que devemos economizá-la?

- Não se preocupem filhos, quem paga a conta sou eu, então posso gastar o quanto quiser!

- Nós não estamos falando das contas, e sim do desperdício! Se o senhor continuar a gastá-la desse jeito, daqui a alguns anos não terá mais água no mundo!

- Meus filhos, vocês não tem nem noção do tamanho do mundo, como eu, sozinho, posso gastar toda a água que existe nele? Não se preocupem, o pai de vocês sabe o que está fazendo!

As crianças ficaram muito preocupadas com esse tipo de pensamento do pai, pois na escola onde estudavam a todo momento os professores falavam que deveríamos cuidar muito bem do nosso planeta, não desperdiçando água, não destruindo árvores, entre outras coisas que agridem nosso planeta e o próprio pai não estava agindo corretamente, e isso não podia continuar!

- Papai, o que o senhor faria se só existisse um pingo de água em toda a terra?

- Crianças, por favor, deixem-me lavar o carro em paz. Já falei para vocês que sei o que estou fazendo, gastar um pouco de água não vai fazer mal algum!

As crianças já desanimadas foram para seus quartos, tristes, por saberem que o próprio pai não dava o mínimo valor a esse bem tão precioso que temos, a água!
Quando as crianças saíram José ficou pensando na pergunta deles:

- O que eu faria se só existisse um pingo de água em toda a terra? (Pensou) Mais que bobagem, é claro que isso NUNCA irá acontecer, então não irei perder meu tempo pensando em alguma resposta!

Então ele continuou a lavar o carro, depois de um tempo colocou a mangueira no chão jorrando água e foi até a sala ver o que estava passando na televisão, sentou no sofá e acabou adormecendo. E a água continuou sendo desperdiçada pelo jardim da casa.
De repente o Pai acorda e vai até o jardim, ao chegar percebe que a mangueira não estava ligada e pensou:

- Acho que as crianças me viram dormindo e vieram aqui desligar a torneira. Não sei por quê tanta preocupação, até parece que são eles que pagam a conta!

Então foi até a torneira para ligá-la novamente, precisava terminar de lavar o carro, porém, ao tentar ligar, nada de água saindo da torneira, pensou que tivesse faltado água e foi até a sala terminar de assistir ao jogo enquanto a água não voltava, ao chegar a sala, percebeu que seus filhos e sua esposa estavam abismados na frente da televisão, se aproximou para saber o que tanto chamava a atenção deles e viu que estava passando um plantão jornalístico e a repórter falava:

- Urgente! Está faltando água no mundo inteiro. As pessoas estão desesperadas! Os cientistas acabaram de confirmar, a água do mundo acabou e o que resta é apenas um PINGO!

O Pai não acreditou no que ouviu e pensou:

- Como toda água do mundo poderia acabar assim, de uma hora para outra?

E a repórter continuou a falar na televisão:

- Esse é o resultado da falta de compreensão de muitas pessoas que desperdiçavam muita água e não acreditavam que um dia ela iria acabar. Agora vamos todos ter que sofrer as conseqüências!

Seus filhos e sua esposa começaram a chorar e falaram:

- Tudo foi culpa sua... Tudo culpa sua!

Ele começou a chorar também pedindo desculpas, dizendo que se tivesse outra chance, não iria mais desperdiçar tanta água como antes, e no meio das lágrimas, ele acordou! Tudo não passou de um sonho, de um triste sonho! Sua reação ao acordar foi de correr e desligar a mangueira. Foi ao quarto de seus filhos os abraçou e falou:

- Queridos filhos, obrigado por tentarem abrir meus olhos e podem ter certeza de que agora em diante irei economizar o máximo de água possível. No que depender de mim nunca terá na terra um ÚLTIMO PINGO DE ÁGUA!

E os filhos de José ficaram felizes e orgulhosos do pai, pois agora ele estava percebendo a importância da água em suas vidas!

(Essa postagem foi publicada no dia 22 de Maio de 2010! )


Minéia Pacheco!
- Amanhã tem mais retrospectiva do blog, TE ESPERO! -

2 comentários:

  1. Realmente valeu repostar. Muito boa e didática essa história!
    Beijo na alma e ótimo ano novo!

    ResponderExcluir
  2. Uma linda história que merece ser lida e relida...beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto