Tobias e os vaga-lumes!



Tobias e os vaga-lumes!

Já era muito tarde da noite, Tobias, o cachorro, não conseguia dormir e resolveu caminhar. A noite estava linda, repleta de estrelas no céu e uma bela lua que clareava tudo ao redor.

Tobias foi andando, passeando no meio na noite para ver se o sono chegava, não percebeu uma nuvem enorme que caminhava no céu em direção a lua. De repente, toda a claridade da noite foi embora, a nuvem havia coberto toda a lua e sua luminosidade tinha desaparecido!

Tobias ficou desesperado! Como voltaria para casa naquela escuridão? Afinal, onde estava naquele exato momento? Ele não conseguia enxergar nada! Começou a latir, latir muito alto, mas de nada adiantava.

Resolveu então deitar do chão, cobrir os olhos com as patas e torcer para que a luz da lua voltasse logo!

Percebeu algo brilhando perto dele, abriu os olhos e viu vários vaga-lumes piscando e iluminando tudo ao redor.

- Olá amiguinhos, de onde vocês são? Nunca os vi por aqui!

- Moramos aqui mesmo, bem pertinho de você. Mas nós geralmente só somos percebidos a noite, quando tudo está escuro como agora.

- Fico muito feliz em vê-los por aqui, estava triste e com muito medo em ficar aqui sozinho no meio da escuridão.

- Nós te vimos de longe e viemos te fazer companhia, deve ser muito ruim ficar sozinho no escuro.

- Estava sem sono e resolvi fazer uma caminhada para ver se o sono chegava, mas de repente a luz da lua sumiu e eu fiquei sem saber o caminho de volta para casa. Vocês podem me ajudar?

- Claro que sim, mas antes, será que podemos brinca um pouco? É sempre tão difícil encontrar alguém acordado no meio da noite para brincar conosco.

- Vamos brincar sim, na verdade nem estou com sono ainda.

Então eles brincaram e se divertiram muito. A luz da lua voltou, mas Tobias nem percebeu no meio de tantas brincadeiras. Muito tempo depois...

- Tenho que ir, já esta muito tarde, logo o sol surgirá no céu e tenho que dormir um pouco. Muito obrigado pela companhia de vocês, perdi todo o medo de ficar sozinho no escuro.

- Não precisa agradecer amigo, gostamos muito de te encontrar por aqui e de brincar tanto com você. Vamos fazer isso mais vezes!

- Vamos sim, pois ao lado de vocês não preciso temer a escuridão, porque vocês brilham como as estrelinhas do céu! Até mais!

- Tchau e um bom sono.


Minéia Pacheco



10 comentários:

  1. Muito fôfa a história.
    Me lembrei, de quando criança, na fazenda do meu pai, a noite, sempre víamos muitos vagalumes. Eram lindooss.
    Xeros

    ResponderExcluir
  2. Que bonitinho o Tobias!Uma historinha linda demais,Mineia e sempre criativa!Adorei!Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Que amor! Linda e encantadora!beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Oi Minéia , que bom que Tobias encontrou uns amigos .
    ADOREI a historinha bjs Neno

    ResponderExcluir
  5. Acabei de ler para minha caçula, li a história e ela quis conhecer o Tobias, depois de ver o desenho...disse: - Gostei mãe!!!
    Aliás 'nós gostamos'!!

    Beijinhos querida.

    ResponderExcluir
  6. Eu estou encantada, o seu blog é lindo. Eu amo inventar histórinhas, e amei a sua linda criatividade, parabéns, belíssimo blog. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Que delícia, Minéia!
    A gente lê e vira criança traveis.. rsss

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  8. Ai Mi, nos apaixonamos pelo Tobias! Muito meigo esse medrosinho rsrs.

    A sofia adorou o nome dele rs. Fora q amam vaga lumes, né...

    Beijos pra vc e boa semana

    ResponderExcluir
  9. nossa amei QUEM CIOU ESSE SITE MEREÇE 100 EU VO INVENTAR UMAS HISTORINHAS

    ResponderExcluir
  10. Que delícia de conto de se ler Minéia!
    Não conhecia este.
    parabéns.
    abração com carinho

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto