A princesa Sofia!



A princesa Sofia!



Numa terra muito distante nascia à princesa Sofia, uma bela criança que refletia beleza e encanto! Seus pais, os reis, estavam radiantes de felicidade! Enfim a tão desejada primeira filha havia nascido!

Sofia era feliz com sua perfeita vida de princesa, tinha tudo que qualquer criança pudesse imaginar. Brinquedos de todas as qualidades e seu quarto era um verdadeiro sonho, digno de uma princesa. Ela amava ir ao jardim e brincar com as flores, os pássaros e todos os animais que existiam por lá, mas Sofia tinha um desejo, um lindo desejo... Queria muito ter um amigo de verdade!

- Ah, como eu queria ter um amigo com quem eu pudesse brincar, correr e fazer várias coisas!

- Mas você não é feliz aqui ao nosso lado princesa Sofia? – Perguntou os pássaros que próximo dela voavam.

- Claro que sou feliz e muito, mas preciso de amigos de verdade!

- Mas nós somos seus amigos de verdade! – Falaram as flores.

- Não adianta, nem vocês nem ninguém desse palácio me entendem!

E a princesa abaixa a cabeça e fica ali, triste a pensar...

- Nossa como pode alguém que tem tudo ficar triste assim? – Falaram os passarinhos.

- Essa princesa é muito ingrata mesmo! – Falaram as flores.

- Ei, psiu!

- Vocês ouviram um assobio? – Perguntaram os pássaros.

- Ouvimos sim! – Responderam as flores.

- Venham aqui, estou lhes chamando!

As flores e os pássaros obedeceram e foram em direção a voz...

- Será que ninguém nesse palácio entende a princesa Sofia? Vou falar uma coisa para vocês, de nada adianta toda a riqueza desse mundo se não temos amigos, amigos verdadeiros!

- Mas onde iremos encontrar amigos verdadeiros para a princesa? – Eles perguntaram.

- Vão pedir ao Rei para realizar um grande baile no palácio e chamar todas as crianças da região para participarem, nesse baile a pequena princesa Sofia irá encontrar seu amigo verdadeiro. Vão agora mesmo...

E então os pássaros foram voando em direção ao Rei. Chegando lá, falaram para darem um belo baile para a princesa Sofia, pois lá ela encontraria seu verdadeiro amigo e eles amaram a ideia.

A princesa Sofia também gostou muito da ideia e na noite do baile não contia em si de tanta felicidade!

Os reis estavam preocupados, será que a princesa Sofia iria encontrar naquele baile seu amigo verdadeiro?

Aos poucos os convidados foram chegando, cada criança mais elegante que a outra. Sofia cumprimentava cada uma com muito entusiasmo, mas as crianças estavam mais empolgadas em conhecer o palácio, o rei e a rainha. E a princesinha ficava de lado!

Os pássaros e as flores, seus amigos do jardim, olhavam tudo de longe e ficaram muito tristes com tudo que acontecia no baile.

- Não devíamos ter acreditado aquela voz misteriosa, nem soubemos quem era. Agora a princesinha está mais triste que antes!

Mas, de repente surgi uma nova criança a chegar ao palácio, de roupas simples e que foi logo chamando a princesinha para conversar e brincar, era Carol, uma menininha que sempre ia ao palácio entregar o leite que retirava das vaquinhas da fazenda do seu avô.

Foi ela quem deu a ideia aos bichinhos da floresta e era ela a amiga verdadeira da princesa Sofia.

Depois daquele baile a princesinha não escondia a sua alegria em ter, enfim, encontrado uma amiga! E as duas viveram muitos momentos felizes!




Minéia Pacheco

20 comentários:

  1. Linda história e que bom que Sofia encontrou uma amiga, a Carl!

    Isso é lindo e tdos nós precisamos de amigos por perto!


    Um beijo,linda semana,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Minéia,
    amei. Vou colocar a Sofia agora para dormir e contar essa história.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. que linda emocionante, belo ensinamento, beijossss

    ResponderExcluir
  4. Boa noite...obrigada pela visita, pelo carinho e ja estou te seguindo...convido-a para brincarmos nos blogs. infantis, juntas de outras meninas que adoram brincar...vamos indicar umas as outas e nossa roda de cantigas, de versos em prosas, ira se tornar uma corrente do bem infantil, aceitas? Estou te seguindo...um abraço...xaum

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga amei a historia da sofia. Claro Luciana. Desculpe amiga as suas histórias são bastante particular para minha familia. beijos e que Deus te ilumine sempre.

    ResponderExcluir
  6. Oba a Minéia voltou!!! Estava com saudades das suas histórias! Que bom que deu tudo certo com o trabalho.

    Amei a Sofia, aliás adoroooo esse nome, se tivesse tido uma menina seria Sofia... Muito linda e a mensagem é perfeita, nada somos sem amigos verdadeiros não importa a distância e nem de onde eles vem...

    Adorei! Beijos e um lindo dia! Su.

    ResponderExcluir
  7. Mineia,sem amigos todo mundo é mesmo triste!Linda demais sua história e meiga essa princesinha!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  8. Uma graça, Minéia, seus contos são uma delícia. Crianças precisam ler histórias assim, para voltarem a sonhar... e não entrarem no meio desse mundo nosso, dos adultos malucos.

    bom dia!

    ResponderExcluir
  9. Minéia,no início ví minha filha(e acredito toda criança)personificada nessa história que simboliza a amizade como flor de justiça,parabéns!
    Grande abraço daqui,

    ResponderExcluir
  10. Uma história de encantamento, magia e de necessárias lições...
    É sempre uma delícia ler você, Minéia!
    Beijo grande e meu carinho!

    Helena Chiarello

    (O blogger hoje tá judiando... Não to conseguindo "me logar" pra comentar.. rsss)

    ResponderExcluir
  11. Mais uma linda historinha pra ler pro Dudu.Lindaaaaa.Beijossss Giselda

    ResponderExcluir
  12. Mineia,passando para reler a princesa Sofia e desejar uma boa tarde prá vc!Bjs,

    ResponderExcluir
  13. isso e uma drog de ler dona mineia

    ResponderExcluir
  14. adoreiii a historia, vc eh mt criativa

    ResponderExcluir
  15. amei a historia da pricesa sofia gostei muito beiijos

    ResponderExcluir
  16. Eu gostei da historia pois ela mi ajudou a fazer uma redação .

    ResponderExcluir
  17. Adorei, fala muitas coisa da amizade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


    ResponderExcluir
  18. Adorei é uma maravilha

    ResponderExcluir
  19. obrigado por compartilhar conosco suas ideias.

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto