Brincando na chuva!


Brincando na chuva!


Ratinha Lili ficava sempre muito feliz quando chovia, pois amava brincar debaixo da chuva.

- Lili, saia da chuva, pois assim você irá pegar um resfriado! – Falava seu pai.

- Brincar na chuva é minha maior alegria papai! – Ela falava.

E ela continuava lá a brincar, pular, cantar, dançar e a curtir cada gotinha de chuva que caía do céu, e ficava por lá, até a última gotinha parar de cair. Quando a chuva parava, ela entrava em casa toda ensopada, molhando toda a casa, seu pai não gostava nada, nada, pois além dela molhar toda a casa, estava com as roupas ensopadas e poderia pegar algum resfriado.

- Filhinha, quantas vezes tenho que te falar para não brincar na chuva?

- Papai amo quando chove, é tão bom brincar enquanto ela cai.

- Mas já te falei, se continuar a brincar na chuva assim, irá acabar pegando um resfriado! Vá agora mesmo tirar essas roupas molhadas!

- Vou sim papai.

Os dias seguintes foram de muita chuva também, e quem disse que a ratinha Lili obedeceu a seu pai e parou de brincar na chuva? Que nada! Ela brincou e muito durante todos esses dias! Até que em uma manhã...

- Papai, papai!

- O que houve filha?

- Não estou me sentindo muito bem, meu corpinho está um pouco quente!

- Filhinha você está pegando fogo! Isso é o resultado de todas aquelas brincadeiras na chuva.

- Estou tão indisposta, não consigo me levantar da cama.

- Quem mandou não ouvir seu pai, agora terá que passar alguns dias de repouso e tomar medicamentos para poder sarar esse resfriado.

Depois de umas leves tosses ela fala:

- Desculpe-me papai, pois como amo brincar na chuva não me importei com que me falava e agora estou pagando pelo meu mal comportamento.

- Se tivesse me ouvido antes... Mas agora não importa! Quero vê-la firme e forte novamente, mas para isso, terá que descansar bastante e quando voltar a ser aquela ratinha saudável de sempre, quero ver você passar bem longe da chuva e brincar com ela só se for na imaginação. Ouviu garotinha?

- Pode deixar papai, irei obedecer tudo que me fala. Sou uma ratinha de muita sorte por ter um pai tão dedicado assim!




Minéia Pacheco

10 comentários:

  1. Que amor de carinho esse papai da Lili tem.

    Quando eu tomava banho de chuva levava uns xingões brabos que nem te conto,srrs...E eu adorava!!!(a chuva, claro, não os xingamentos!)

    Adorei a histprinha! beijostudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia amiga querida...

    Adorei a estórinha da Lili... ri com ela aqui, quem não gosta de uma brincadeira na chuva...rs Mas o papai tem razão e deu uma boa e necessária bronca nela... assim ela aprende e não fica mais doentinha aprontando suas travessuras na chuva... Sempre muito educativas suas estórinhas Minéia, uma fofura essa ratinha!!! Beijos e uma linda semana! Su.

    ResponderExcluir
  3. Oi Minéia, Adorei a historia!!!!
    Já estou sabendo que amanhã vai ser o teu aniversário e já deixo os meus:





    -Parabéns Minéia!!!!!
    Bjs do Neno

    ResponderExcluir
  4. Que gracinha a Ratinha Lili e seu papai!Um amor de historinha e as crianças adoram mesmo tomar chuva!...rss...bjs,

    ResponderExcluir
  5. Oie Mineia,
    Adorei o seu blog e coloquei no link do meus para vc ter mais seguidores, se vc não se importar é claro. Parabéns. Siga o cantinho do samuel também. bjks.
    http://cantinhodosam.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Quem nunca gostou de brincar na chuva? Claro que depois, algumas consequências sempre vinham, mas que era uma delícia, era mesmo! E Lili sabia disso.. rs

    Um beijo grandão, Minéia!

    ResponderExcluir
  7. Mas que fofa a Lili,que parece ter o mesmo tipo de teimosia dos meus filhotes que amam brincar na chuva,sobretudo saltar nas poças d'água.E você alcança muito bem o mundo infantil com suas histórias,parabéns !Meu abraço daqui,

    ResponderExcluir
  8. nossa adorei a historia da ratinha lili apredi com essa historia que nos temos que obedecer nossos pais.

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto