Presta atenção na aula Marquinhos!



Presta atenção na aula Marquinhos!


Marquinhos era muito desatento e não prestava atenção nas aulas. A professora sempre tentava chamar sua atenção para o conteúdo exposto, mas nada dele se importar!

Ficava brincando, cantando e não dava importância para o que a professora explicava, ele sempre falava que ir a aula era uma grande chatice e que, por ele, preferia ficar em casa brincando e assistindo televisão.

- Mas Marquinhos, temos que estudar para sermos inteligentes! – Falou Jorge, seu colega de sala.

- Não me importo em ser inteligente, quero apenas brincar e assistir televisão.

- As férias estão quase chegando, se você continuar com essa falta de atenção na aula vai acabar ficando em recuperação e perdendo as férias. – Falou Rita, sua colega de sala.

Mais uma vez Marquinhos não se importou e continuou a brincar na aula, sem prestar atenção no que a professora explicava.

O tempo passou e enfim as férias do meio do ano chegaram!

- Crianças parabéns as férias chegaram! – Falou a professora.

- Oba, até que fim essas aulas chatas acabaram e agora vou poder aproveitar melhor meu dia! – Falou Marquinho.

- Desculpe Marquinho, mas você não terá férias! – Falou a professora.

- Mas, por quê?

- Você ficou em recuperação, conversei com seus pais e eles acharam melhor você passar as férias estudando o que não estudou quando deveria. Irei perder minhas férias também para poder ajudá-lo e para poder fazer você entender o quanto é importante prestar atenção nas aulas e estudar.

- Não acredito que isso está acontecendo comigo!

- Infelizmente foi você quem quis assim. Enquanto seus amigos irão curtir as férias, você irá estudar. Todos seus amigos tentaram lhe ajudar, mas você não ouviu ninguém... Então, não reclame!

- Sou a criança mais triste do mundo...

- Não é não... Você deveria era ficar feliz, pois não são todas as crianças que têm a sorte que você tem em ter pais, professores e amigos tão preocupados com sua educação.

- É... Tudo bem, vocês ganharam! Irei dar o melhor de mim nessas férias e ser o melhor aluno dessa turma!

E a turma toda levanta e aplaude Marquinhos:

- Parabéns!!

- Viu Marquinhos como você é querido pela turma? Sábia decisão e nós queremos é seu sucesso!

- Obrigado professora, obrigado turma por não desistirem de mim!


Minéia Pacheco


... Uma linda semana para todos VOCÊS! ...

8 comentários:

  1. Minéia, ao ler a história do Marquinho, não teve como não recordar um acontecimento no dia de hoje com meu filho Marco Aurelio.
    Logo pela manhã, recebi uma ligação da escola, a diretora disse que a professora de português precisava falar comigo sobre o comportamento dele.
    Bem, como nunca deixo pra depois, lá fui eu até a escola.
    Querida, o danadinho (com 13 anos), não copia matéria, levanta toda hora e mais algumas reclamações.
    Fiquei super chateada com tudo isso.
    Quando ele chegou da escola fui conversar com ele, e não é que ele agiu como o Marquinho, disse-me que não gosta da escola e que vai estudar até o ensino médio e ponto final.
    Conversei bastante com ele, e em determinado momento ele me disse: Mama, eu só vou fazer faculdade se for de matamética, como a senhora.
    Aproveitei e alertei que pra se ser um bom professor, mesmo de matemática, precisa-se muito do português.
    Bem, espero que com o tempo ele perceba o quanto faz falta o estudo.
    Desculpe me alongar no comentário, mas quis dividir algo de parecido.

    Beijos querida.
    Tenha uma deliciosa noite.

    ResponderExcluir
  2. Minéia,
    essa história despertou em mim um momento nostalgico.
    Que saudades da época de escola... Era tão bom 'passar de ano direto' e planejar as férias (mesmo que fossem só planos mesmos...)!

    Um grande abraço,
    Carol :)
    http://bembemsimples.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Minéia, moça querida!

    Ai ai ai, esse Marquinhos, rs, em algum momento vi tantos amigos de sala que já tive, é exatamente assim... eles acabam pegando no "tranco"...rs
    Amiga, adorei essa estórinha, uma grande lição de solidariedade a meu ver. Vou contar para o Rafa que anda meio preguiçoso, mas vai bem na escola, só que tenho feito ele "acordar" no "tranco", deve ser o frio e está perto das férias também...

    Amiga, você pode pegar o que quiser do meu cantinho!!

    Obrigada pelo carinho, viu! Estou feliz por aqui...

    Minhas florzinhas ainda estão lindinhas, sabe o que eu faço, deixo secar no sol e guardo as pétalas em uma caixinha que tenho pra isso...

    Lindo dia, e beijokas. Su.

    ResponderExcluir
  4. Linda essa história que acontece tanto e uns não tem a mesma sorte, solidariedade amizade que teve o Marquinho.Linda! beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. que história excelente, bem educativa... eu infelizmente tive a oportunidade de estudar já na fase adulta, a professora sempre pedia para que eu prestasse mais atenção, por vez por outra eu cochilava de cansaço do trabalho... mas sobrevivi... meus parabéns pela bela inspiração. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia amiga, passando pra reler e pra deixar um beijinho e que essa quarta feira seja ultra feliz!

    Adorei a mudança nas letras. Ficou uma graça!
    Obrigada pelo seu carinho sempre!

    Su.

    ResponderExcluir
  7. Oi Minéia, que bom que agora o Marquinhos vai começar á estudar bem!!!
    Adorei!!!
    Bjs do Neno

    ResponderExcluir
  8. Olá amiga, recordar é viver!!!
    E trem bom lembrar da época da escola e das férias melhor ainda.
    Obrigada pela visita viu.
    Adoramos o Pequeno Cidadão, A Galinha Pintadinha e a Palavra Cantada...ela se diverti mt.
    Bjs e um ótimo feriadão pra vc tbm!!

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto