Dona Abelha e Abelhudo, descobrindo o verdadeiro Amor!





Dona Abelha e Abelhudo, descobrindo o verdadeiro Amor!




- Olá Dona abelha, lhe trouxe essas rosas.

- Olá Senhor Abelhudo, que lindas, obrigada!

- Sabe Dona Abelha, meu dia só fica perfeito quando te vejo.

- Não fale assim Senhor Abelhudo, pois fico vermelha.

- Desculpe se falei algo que não lhe agrada.

- Gosto muito de te ver também, o senhor é muito simpático.

- Obrigado.

- O senhor é muito diferente dos outros, difícil encontrar alguém tão gentil e educado assim.

- Impossível ser algo diferente com você Dona Abelha. Gostaria de passear comigo?

- Claro que sim.

Começaram a voar pelo jardim, a abelhinha estava feliz ao lado de Abelhudo e ele não contia em si de felicidade, pois estava passeando com seu grande amor!

Porém, de repente, a Dona Abelha sentiu uma forte dor em sua asa e gritou:

- Aí!!!!

- O que ouve? – Ele perguntou.

- Não consigo mais voar, minha asa doe muito. Vou cair!

E enquanto ela caía, Abelhudo rapidamente voou o mais rápido que pôde e a pegou pelas costas. Voou para uma linda rosa e a colocou lá.

- Aí Abelhudo, minha asa doe muito, o que faço?

- Vou chamar o doutor, fique calma, logo voltarei!

Depois que o doutor a examinou, ele olhou seriamente para Abelhudo e Dona Abelha e falou:

- As notícias não são nada agradáveis, infelizmente a Dona Abelha não poderá mais voar!

- O quê!? – Falaram os dois.

- Sua lesão foi séria e é irreversível!

- Não acredito! – Falou a Dona Abelha aos prantos.

- Não fique assim, tudo dará certo. Estarei aqui com você! - Falou Abelhudo.

E os dois se abraçaram, nascia ali a certeza do amor, de um verdadeiro amor!

Hoje, dez anos depois de tudo isso, Senhor Abelhudo e Dona Abelha vivem felizes, ela continua sem voar com suas próprias asas, mas isso não é problema, pois as asas dela agora são as mesmas do Abelhudo, ele a leva nas costas para todo e qualquer lugar e são felizes... Muitos felizes vivendo assim, pois onde existe amor de verdade, não existem barreiras e sim soluções!



Minéia Pacheco







Depois de uma semana ausente, Voltei!!!

Beijinhos e uma ótima semana para todos nós!!! =D

12 comentários:

  1. Olá Minéia! E chegou arrasando! Eu e João lemos sua historinha ( pensa: Ele a fala do Abelhudo e eu a D. Abelha) Ele adora diálogos! Linda história de amor, e que bom se todos os amores fossem assim. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Minéia! E chegou arrasando! Eu e João lemos sua historinha ( pensa: Ele a fala do Abelhudo e eu a D. Abelha) Ele adora diálogos! Linda história de amor, e que bom se todos os amores fossem assim. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Acho que me identifiquei com a história. Rs. Amei!
    Monalise

    ResponderExcluir
  4. Emocionante essa história desses dois apaixonados! Muito lindo ver a solidariedade, a cumplicidade do amor nas doenças também. Adorei!

    beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Oi Minéia,Adorei a historia!!!!Pra viver feliz basta ter amor mesmo!!!!
    Adorei a visita!!!!
    Bjs do Neno

    ResponderExcluir
  6. Mineia,suas historinhas sempre me encantam e adorei essa abelhinha!Bjs e meu carinho!

    ResponderExcluir
  7. lINDA SUA HISTORIA, LI ONTEME HOJE PARA O MEU PAI. eLE GOSTOU, ELE VAI OPERAR E MINHA MAE VAI VOAR PRA ELE ELE DISSE!

    ResponderExcluir
  8. que linda estória de amor!
    parabéns Minéia!
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  9. Olá, Paz e Bem... tem um selinho lá no blog para você... Passa lá para pegar...
    http://catequistaroberto.blogspot.com
    Fique na Paz de Deus e no Amor de Maria
    Roberto

    ResponderExcluir
  10. É, Mi, que linda história mesmo... esses amores verdadeiros me emocionam demais!!!

    Obrigada por aceitar meu convite viu?! Fico feliz em ter vc por perto!

    Beijão
    Ju

    ResponderExcluir
  11. OI MInéia,
    linda história de amor, dedicação e carinho.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá Minéia, você sempre me supreende com suas belas histórias.
    Uma abençoada semana.
    Pedro e Amara
    Bjoss

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto