Um gatinho atrapalhado!


Um gatinho atrapalhado!


Jeff ama o Natal, e quando sua mãe resolveu decorar toda a casa para a chegada do grande dia, ele logo perguntou:

- Miau mamãe, posso te ajudar?

- Claro que sim Jeff a mamãe ama sua ajuda.

- E o que posso fazer?

- Vá até a dispensa e pegue uma caixa com o pisca-pisca.

- Já estou indo.

Jeff saiu correndo para a dispensa, mas antes que chegasse lá, tropeçou na árvore que estava no chão e caiu.

- Cuidado filho, assim você pode se machucar!

- Estou bem!

Chegando à dispensa, viu a caixa que estava com o pisca-pisca e tentou puxá-la, mas a caixa caiu na sua cabeça e ele ficou todo enrolado com o pisca-pisca em todo seu corpo.

- E agora, como vou sair daqui? Se a mamãe me ver, vai ficar furiosa e não me deixará mais ajudá-la! – Ele pensou.

Então, saiu correndo até a rua torcendo para encontrar alguns de seus amigos para poderem lhe ajudar, mas a única coisa que encontrou foi muita neve, sentiu muito frio e resolveu voltar para dentro de casa, mas a extensão do pisca-pisca prendeu em algum lugar e ele não conseguiu mais sair, ficando preso do lado de fora e com muito frio.

Sua mãe já achando estranha a demora do filho foi à procura dele, porém ficou surpresa ao entrar na dispensa e ver todas as coisas espalhadas pelo chão e nada do filho.

- O que será que aquele gatinho atrapalhado está aprontando? – Ela falou.


Ouviu de longe uns miados.

- Miau, miau...

- Essa é a voz do Jeff! – Ela falou.

Correu para fora e viu seu lindo filhinho encolhido no chão da rua, estava com muito frio.

- O que estás fazendo aqui fora?

- Fiquei preso no pisca-pisca da árvore de natal e resolvi ver se encontrava alguns dos meus amigos para me ajudar a sair dele, e acabei ficando preso aqui.

- E por que você não me chamou?

- Fique com medo da senhora brigar comigo!

- Ah... Atrapalhado Jeff, conheço muito bem a minha cria e jamais brigaria com você. Agora vamos entrar, tomar um leite quente, colocar uma roupa mais confortável, pois irei ligar nossa árvore.

E juntinhos no sofá, Jeff e sua mãe contemplavam a árvore de natal a piscar, que bom que mais um Natal está chegando... E de tanto ver o piscar do pisca-pisca, ele adormece e sonha no colinho da mamãe!



Minéia Pacheco






10 comentários:

  1. muito onita a historinha do gato! feliz natal e 2012 pra voce.

    joao

    ResponderExcluir
  2. Uma historinha cheia de encantos!
    Gostei muito!
    Que Deus a abençoe sempre!
    Um feliz e iluminado Natal!
    Com carinho,
    Angela

    ResponderExcluir
  3. Que amor! E que danadinho esse gatinho!

    Um lindo, feliz e muito iluminado NATAL pra tio e teus! E que 2012 te sorria! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Minéia, vim desejar-lhe um ótimo Natal e que o Novo Ano seja de grandes prosperidades.
    Xeros

    ResponderExcluir
  5. Mineia,sempre maravilhosas e divertidas suas histórias!Deixo meu desejo de um Feliz Natal a vc e sua familia!Bjs,

    ResponderExcluir
  6. olá amiga querida!! Muitas saudadinhas suas... Venho, oferecer, com muito carinho, um presentinho de Natal!! Está lá no My Lovely Blog!

    E, claro, com ele desejar
    Um Feliz Natal repleto de harmonia!

    Celebrar o Natal é... crer na força do amor.
    É isto que transforma o homem e o mundo. Que a mensagem de fé e esperança do Natal renove as nossas forças para continuarmos a lutar no Ano Novo que se anuncia.
    Festas Felizes para vc e a sua familia!!

    bjinhos, Joana Neves
    http://joana-neves.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que gatinho sapeca,uma delícia de historinha!
    Minéia querida,
    Que o seu Natal seja brilhante de alegria, iluminado de amor.
    FELIZ NATAL
    Com Carinho
    Pedro e Amara

    ResponderExcluir
  8. Estivemos juntos por mais um ano, para minha alegria, no blog, no facebook, no orkut, no e-mail, não importa, eu agradeço.

    Há de ser o Natal um grande momento de paz. Há de ser o Ano Novo um tempo de amor.

    Que a paz, o amor e a harmonia permaneçam em seus corações e seus lares.

    Quando em minhas preces, agradeço por vocês existirem na minha vida, enxergo minha pessoa, tão frágil, tão “comum”, tão indignada com as coisas do mundo e me pergunto,como cheguei a vocês?

    Sem planejar, até mesmo sem perceber, aumentou minha família.

    Escuto um eco enorme à minha pequena voz... vocês apareceram na minha telinha, tão natural, tão espontâneo!

    Chego a pensar que sempre foi assim. É assim!!!

    Percebo ainda, que falamos em

    Anas, Josés, Cecílias, Beths, Carminhas, Marias essa e aquela, Edisons, Eloys, Fátimas, Veras e tantos outros, como pessoas de minha maior convivência, na mesa do jantar, ou mesmo almoço.

    Quero desejar agora;

    Da minha família para a sua família, um FELIZ NATAL.

    FELIZ ANO NOVO.

    Que a paz do Natal se multiplique no ano que se inicia.

    Obrigada por fazerem parte da minha vida.

    DEUS os abençoe.

    FIQUEM COM DEUS.

    ResponderExcluir
  9. Gosto muito de gatos e gostei
    desta história.
    Um Feliz Natal para si.
    Bj.
    Irene

    ResponderExcluir
  10. Desejo pra você e sua família um Feliz Natal cheios de benção e alegrias.
    Bjks

    Andréia, Sandro e Samuel♥
    http://cantinhodosam.blogspot.com

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto