• 27
    FEV

    A IDEIA DA BORBOLETA ROSA!



     


    A fadinha Lena e a borboleta Rosa eram grandes e inseparáveis amigas. Gostavam de passear pelo jardim do palácio onde a fadinha Lena morava e lá passavam horas e horas a conversar, brincar e se divertir muito.
     
    Certo dia a borboleta Rosa teve uma bela ideia:
     
    - Fada Lena, o que você acha de nós duas plantarmos lindas flores neste jardim?
     
    - Essa ideia é ótima Rosa, pois nossos momentos aqui no jardim do palácio seriam bem mais especiais.
     
    - E depois que as flores nascessem, poderíamos presentear todos os moradores das redondezas com elas.
     
    - Amei, vamos agora mesmo pegar sementes e começar nossa plantação!
     
    Foram ao palácio, pegaram tudo que precisavam e iniciaram a plantação das sementes das flores. A fada Lena e a borboleta Rosa fizeram tudo certinho e com muito cuidado, queriam muito que aquelas flores crescessem fortes e bonitas.
     
    Todos os dias quando elas estavam passeando pelo jardim, colocavam água e ficavam a observar se já tinha algum sinal de vida das flores. Enquanto as flores não nasciam, elas aproveitavam para brincar em meio à plantação!
     
    Depois de muito esperar, certa tarde ao chegarem ao jardim, Lena e Rosa tiveram uma feliz visão, as flores haviam nascido!
     
    Eram lindas e muito perfumadas, tinham a cor da bela borboleta Rosa e o cheirinho da fada Lena. Elas ficaram felizes ao ver que tudo tinha dado certo!
     
    Colocaram as flores em belos vasos e começaram a presentear todos os vizinhos, eles então falavam:
     
    - Nunca vi flores tão belas por aqui, obrigado por tão lindo presente!
     
    Lena e Rosa ficavam felizes ao ouvirem esses elogios, pois elas colocaram todo o amor e carinho em cada sementinha e sabiam que tudo tinha valido a pena. As belas flores agora estavam nas casas alegrando, perfumando e enchendo a vida dos vizinhos de amor e amizade.
     
    Pois tudo que é feito com amor e carinho, no final dá certo!
     
     
    Autora Minéia Pacheco

     


    Avatar








    MINÉIA PACHECO
    Escritora



  • ANUNCIE AQUI




    PARA PENSAR

    Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo...
    (Fanny Abramovich)





    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.