• 30
    NOV

    BANHO NÃO!



     

    Pedrinho é um garoto muito diferente dos outros, pois ele não gosta de tomar banho.  Não adianta falar, não adianta tentar explicar. Para ele nada é mais terrível do que tomar banho, acha horrível!
     
    Certo dia, sua mãe, já incomodada com o mau cheiro do filho o levou para tomar banho à força. Mas ele gritou tanto, chorou tanto que ela ficou tão chateada com aquela atitude do filho que falou que nunca mais o forçaria a fazer nada, que ele tomasse banho quando bem entendesse. Pedrinho achou aquilo um máximo, gritou de alegria, pois nunca mais tomaria banho na vida!
     
    Naquele mesmo dia foi ao parque brincar, jogar bola com os amigos, depois foi para casa, jantou e dormiu. Pela amanhã acordou, colocou a farda da escola e foi para a aula. Estudou muito, brincou, foi para casa, almoçou e voltou ao parque para brincar com os amigos.
     
    Todos os dias Pedrinho tinha essa rotina, e banho que era bom, nada!
     
    Na escola os amigos já estavam se distanciando dele, não suportavam mais o mau cheiro do amigo, no parque a mesma coisa, nada de amigos para brincar com ele. Ele passou a chegar mais cedo em casa por não ter com quem brincar e sua mãe já estava preocupada. Então, mais uma vez ela foi com ele conversar, falou da importância que é manter o corpinho sempre limpo, o quanto é bom tomar banho todos os dias e ficar cheirosinho, pois ninguém gosta de criança suja, sujeira afasta as pessoas e se ele continuasse assim iria ficar sem amigos, iria ficar sozinho e sujo.
     
    Ele ouviu tudo e correu para o quarto, ficou lá por um bom tempo. Sua mãe ficou triste, pensando que ele não mudaria nunca. Na verdade, Pedrinho ficou pensativo diante de tudo que estava acontecendo, e percebeu que nem ele mesmo estava suportando o mau cheiro. Resolveu, enfim, tomar banho. Sua mãe não acreditou quando ouviu o chuveiro do banheiro ligado e ele lá, tomando banho... Quando saiu do banho colocou uma roupa novinha, um perfume bem cheiroso, olhou para a mãe e disse:
     
    - Para poder ir me acostumando, está bom um banho por semana né?
     
    A mãe nada falou, apenas o abraçou e o cheirou muito. Como era bom vê-lo assim, limpinho!
     
     
     
    Autora Mineia Pacheco
     

    Avatar








    MINÉIA PACHECO
    Escritora



  • ANUNCIE AQUI




    PARA PENSAR

    Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo...
    (Fanny Abramovich)





    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.