Estou dodói, mas não quero remédio!

Ilustração de Jana Magalhães

Janaína estava tossindo, com febre e mal-estar, não aguentou ficar o período completo na escola e foi para casa mais cedo. Ao chegar em casa sua mãe com todo carinho foi lhe dar o remédio que a médica havia passado para que ela ficasse boa logo, mas ao ver a mãe chegando com o remédio ela logo gritou:

- Estou dodói, mas não quero remédio!

- Como assim filha?  Você tem que tomar os remédios que sua médica passou para poder ficar boa logo. – Falou a mãe.

- Não gosto de remédios, eles deixam minha boquinha com um gosto horrível!

- Realmente filha, remédios são ruins mesmo, mas temos que toma-los para ficarmos bons logo.

- Não quero de jeito nenhum, coff,coff... – Janaína falou e começou a tossir.

- Tá vendo, já esta começando a tossir, vamos filha tome esse remédio é para seu bem.

-Não!

A mãe já sem paciência e preocupada com a saúde da filha tentou força-la a tomar o remédio, mas foi em vão, pois Janaína cuspiu todo o medicamento.

- Não faça isso filha!

- Já disse que não gosto, que não quero!

- E o que você quer é ficar doente? – Perguntou a mãe.

Sem esperar pela resposta da filha a mãe saiu do quarto preocupada, estava muito triste e começou a chorar...

Janaína foi atrás da mãe e a observou chorando na sala, foi para perto dela e perguntou o que estava havendo.

- Estou preocupada com você filha, se não tomar esse medicamento você não vai melhorar. Tudo que eu quero é o seu bem, sei que o remédio não tem um bom gosto, mas temos que fazer algum esforço se realmente quisermos melhorar.

Janaína se sentiu triste por ver sua mãe triste e resolveu fazer um esforço e tentar tomar o remédio, ao engolir fez uma enorme careta, mas não cuspiu. A mãe abriu-lhe um largo sorriso e falou:

- Obrigada minha filha, você vai ver como logo ficará boa. Vou agora preparar uma comida bem gostava para você.

- Tudo bem mamãe, vou me deitar um pouco, pois ainda não estou me sentindo bem.

Passado alguns dias Janaína já estava forte e saudável novamente. Voltou para a escola feliz e animada.

- Que bom te ver aqui novamente Janaína, o que te fez ficar boa tão rápido assim? – Perguntou Carol, sua amiga da escola.

- Ah, foi a mistura de alguns remédios e o carinho da mamãe que me fizeram ficar renovada.

- Ah, carinho da mamãe é tudo de bom!

- Se é... Melhor até do que muito remédio!


Autora: Minéia Pacheco

6 comentários:

  1. muito bom, gostei muito
    parabens

    ResponderExcluir
  2. Minéia parabens, acabei de ler sua historia para minha filha enquanto amamento. rs Dormiu! ama ouvir histórias. beijos da lú

    ResponderExcluir
  3. Oi mineia acabo de ler sua história pra minha filha enquanto amamento. Dormiu! ela ama ouvir histórias. beijos da Lud

    ResponderExcluir
  4. Realmente esse carinho é dos bons e que bom que ela conseguiu tomar o remédio que, aliado ao carinho, a curou! Linda! beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Que lindo texto!!!!

    Realmente...o carinho de mãe é o melhor remédio do mundo!!!!
    :)

    ResponderExcluir
  6. Mineia,carinho de mãe cura tudo mesmo!É só a mãe estar por perto para os filhos se sentirem melhores.Muito fofa essa história!bjs,

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto