• 17
    SET

    ESTOU DODÓI, MAS NÃO QUERO REMÉDIO!


    Ilustração de Jana Magalhães
     
    Janaína estava tossindo, com febre e mal-estar, não aguentou ficar o período completo na escola e foi para casa mais cedo. Ao chegar em casa sua mãe com todo carinho foi lhe dar o remédio que a médica havia passado para que ela ficasse boa logo, mas ao ver a mãe chegando com o remédio ela logo gritou:
     
    - Estou dodói, mas não quero remédio!
     
    - Como assim filha?  Você tem que tomar os remédios que sua médica passou para poder ficar boa logo. – Falou a mãe.
     
    - Não gosto de remédios, eles deixam minha boquinha com um gosto horrível!
     
    - Realmente filha, remédios são ruins mesmo, mas temos que toma-los para ficarmos bons logo.
     
    - Não quero de jeito nenhum, coff,coff... – Janaína falou e começou a tossir.
     
    - Tá vendo, já esta começando a tossir, vamos filha tome esse remédio é para seu bem.
     
    -Não!
     
    A mãe já sem paciência e preocupada com a saúde da filha tentou força-la a tomar o remédio, mas foi em vão, pois Janaína cuspiu todo o medicamento.
     
    - Não faça isso filha!
     
    - Já disse que não gosto, que não quero!
     
    - E o que você quer é ficar doente? – Perguntou a mãe.
     
    Sem esperar pela resposta da filha a mãe saiu do quarto preocupada, estava muito triste e começou a chorar...
     
    Janaína foi atrás da mãe e a observou chorando na sala, foi para perto dela e perguntou o que estava havendo.
     
    - Estou preocupada com você filha, se não tomar esse medicamento você não vai melhorar. Tudo que eu quero é o seu bem, sei que o remédio não tem um bom gosto, mas temos que fazer algum esforço se realmente quisermos melhorar.
     
    Janaína se sentiu triste por ver sua mãe triste e resolveu fazer um esforço e tentar tomar o remédio, ao engolir fez uma enorme careta, mas não cuspiu. A mãe abriu-lhe um largo sorriso e falou:
     
    - Obrigada minha filha, você vai ver como logo ficará boa. Vou agora preparar uma comida bem gostava para você.
     
    - Tudo bem mamãe, vou me deitar um pouco, pois ainda não estou me sentindo bem.
     
    Passado alguns dias Janaína já estava forte e saudável novamente. Voltou para a escola feliz e animada.
     
    - Que bom te ver aqui novamente Janaína, o que te fez ficar boa tão rápido assim? – Perguntou Carol, sua amiga da escola.
     
    - Ah, foi a mistura de alguns remédios e o carinho da mamãe que me fizeram ficar renovada.
     
    - Ah, carinho da mamãe é tudo de bom!
     
    - Se é... Melhor até do que muito remédio!
     

    Autora: Minéia Pacheco

    Avatar








    MINÉIA PACHECO
    Escritora



  • ANUNCIE AQUI




    PARA PENSAR

    Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo...
    (Fanny Abramovich)





    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.