• 22
    OUT

    A INCRÍVEL HISTÓRIA DA FADA DO DENTE!



    - Não quero tirar meu dente mamãe!
     
    - Mas ele está mole meu filho, tem que tirar para que o dente permanente possa nascer livremente.
     
    - Não quero ficar sem dente!
     
    - Você não irá ficar sem dente, logo o outro cresce na sua boquinha.
     
    - Vai demorar muito e meus colegas irão rir de mim.
     
    - Claro que não irão rir de você, pois a maioria dos seus colegas já estão sem o dente.
     
    - Mas sempre que algum colega chega na escola sem dente a turma toda começa a rir, não quero que isso aconteça comigo, não quero!
     
    -Ah, que pena... Pensei que você queria receber a visita da fada do dente.
     
    - Fada do dente? Quem é essa?
     
    - É uma fadinha bem pequenininha que vive em um reino muito distante daqui.
     
    - E o que ela faz?
     
    - Ela é responsável por levar todos os dentes de leites que as crianças perdem, ela leva cada dentinho e no lugar dele, deixa uma moedinha como prêmio para a criança que foi corajosa e tirou o dentinho mole para o permanente poder nascer sem problemas.
     
    - Nunca me falaram da fada do dente, ela existe mesmo?
     
    - Claro que sim!
     
    - E como ela sabe que tem um dentinho esperando para ser levado?
     
    - Lá no reino onde vive ela sabe de tudo, pois sempre que um dentinho é retirado da boca de alguma criança, toca um sininho avisando de quem foi o dentinho e assim que chega a noite e a criança coloca o dente embaixo do travesseiro ela vem, entrar pela janela do quarto, tira o dente de leite e no lugar coloca uma moeda.
     
    - E o que ela faz com nossos dentes?
     
    - Guarda, a milhares de dentes guardados em um lugar bem especial no reino da fadinha. Ela fica ansiosa aguardando onde será o novo dente que terá que trocar por moedinhas.
     
    - Nossa, mamãe... Essa história da fada dos dentes é sensacional!
     
    - É mesmo filho, pensei que ela iria nos fazer uma visitinha, mas como você não quer tirar seu dentinho não teremos visita de fadinha nenhuma.
     
    - Sabe mamãe, estive pensando e acho que está na hora de perder esse dentinho, ele está muito mole, pode tirar!
     
    - Sério filho, posso mesmo?
     
    - Claro que pode mamãe.
     
    - Então tá!
     
    ...
     
    - E então filho doeu?
     
    - Já tirou mamãe?
     
    - Sim, olha ele aqui!
     
    - Nossa, não senti nada. Agora me dê que ele é meu!
     
    - O que você vai fazer com ele?
     
    - Claro que irei colocar embaixo do meu travesseiro e esperar ansioso a visita da fada do dente.
     
    - Muito bem, ela ficará muito feliz em te fazer uma visita. Agora não precisa ficar acordado até tarde, pois ela demora muito para vim... São muitos dentinhos de leite para pegar em muitos lugares do mundo!
     
    ...
     
    - Mamãe, mamãe... Olha o que estava debaixo do meu travesseiro quando acordei? Uma moedinha e meu dente sumiu! A fada do dente realmente existe e estou louquinho para chegar na escola e falar para todos meus amigos!
     
    - Eu te falei filho, fada do dente existe sim e ela guarda com muito carinho os dentinhos que leva das crianças, o seu deve estar agora ao lado de outros lindos dentes de crianças de todo mundo.
     
    - Que história maravilhosa, será que irei demorar muito para receber outra visita da fada do dente? Olha esse dente aqui mamãe? Ele já está mole?
     
    - Calma, ainda não... Não fique afobado, cada dentinho cairá no tempo certo.
     
    - Quero muito que eles caiam logo.
     
    - Tudo tem seu tempo filho, ontem foi um e depois os outros... Mas tenha certeza, cada dente que cair a fadinha do dente fará questão de vim até aqui e pegá-los para guardá-los com muito carinho, pois a fadinha do dente tem o coração semelhante ao da mamãe e guarda com muito carinho TUDO que um dia pertenceu a você.
     
     

    Autora: MINÉIA PACHECO

    Avatar











    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.