A copa do mundo é nossa!


- E a copa será especial, pois será aqui em nosso país, em nosso Brasil.

- Verdade Léo, não vejo a hora dela começar, estou super ansiosa para ver nossa seleção entrando em campo.

- Quero gritar bem alto cada gol que a nossa seleção fizer Maria, vai ser muito legal. Neste primeiro jogo iremos a casa dos meus avós nos reunir com meus tios e primos e você? Irá a algum lugar?

- Vou sim Léo, iremos a casa do meu tio Bernardo, ele é super divertido e sabe muito bem fazer uma boa festa.

Carlinhos se aproxima...

- Oi amigos, de quê vocês estão falando?

- Estamos falando sobre a copa que esta bem pertinho de começar. Onde você vai assistir esse primeiro jogo? – Perguntou Léo.

E Carlinhos meio triste fala.

- Meus pais falaram que não temos nada para comemorar e não querem nem ouvir falar a palavra copa em casa.

- Que chato Carlinhos. Toda criança deveria poder se divertir e comemorar a copa. – Falou Maria.

- Também acho, mas meus pais não pensam assim.

- Poderíamos ir lá falar com eles, nós não temos culpa das coisas que andam acontecendo no Brasil, nós precisamos no divertir e aproveitar essa copa aqui em nosso país. – Falou Léo.

- Vocês fariam isso por mim? – Perguntou Carlinhos feliz.

- Claro que sim! – Falaram Léo e Maria de uma só vez.

Ao chegarem à casa de Carlinhos, Maria e Léo foram falar com seus pais.

- Olá, poderíamos falar com vocês? – Perguntou Léo.

- Claro que sim, o que vocês querem crianças? – Falou a mãe de Carlinhos.

- Queremos falar com vocês sobre a copa. – Falou Maria.

- Esse assunto novamente! Aqui em nossa casa não queremos ouvir nada sobre isso. – Falou o pai com muita raiva.

- Calma senhor, que culpa nós crianças temos das coisas que andam acontecendo no Brasil? – Falou Maria.

- Nenhuma. – Falou o pai.

- Tudo que nós queremos é poder nos divertir, festejar e vibrar, que mal há? – Perguntou Maria.

- Mas nós não podemos aceitar tudo o que perdemos com essa copa aqui no Brasil. – Falou a mãe.

- O Brasil está ruim há muito tempo, muito antes da copa chegar aqui, concordam? – Perguntou Léo.

Os pais ficaram pensativos e falaram:

- É verdade.

- Então vamos deixar todo rancor de lado e torcer, torcer pelo nosso Brasil, pelo nosso país, todos juntos somos mais fortes e em outubro vocês depositam toda a raiva nas urnas. – Falou Maria.

- Sabem crianças, confesso que estava aqui doido para encontrar uma saída para me libertar dessa mágoa e vocês com o coração puro que só uma criança sabe ter, me trouxeram o que tanto queria. Agora posso torcer com toda garra pelo meu país, pelo meu BRASIL! – Falou o pai.

- Ótimo, vou agora mesmo enfeitar toda casa. – Falou a mãe.

- Vou te ajudar mamãe. – Falou Carlinhos entusiasmado.

E Léo e Maria juntos gritaram:

- Êbaaaaaaa!!!

Mas quem estava ainda mais feliz era Carlinhos, que enfim poderia vibrar, torcer e gritar VIVA BRASIL!


Toda criança tem o direito de vibrar pelo seu país e pai nenhum tem o direito de tirar isso dela!

Feliz Copa para Você!


Minéia Pacheco

2 comentários:

  1. Apesar de tudo eles tem que torcer!bjs chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Mineia! Que graça de historinha sobre a Copa! Já mandei os livrinhos do Bruno tb! bjs,

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto