O peixe que queria voar!



- Não, não, não! Não aguento mais essa vida. Todo dia a mesma coisa, nado para lá, nado para cá. Não aguento! O tempo todo dentro dessa água, desse mar... Quero fazer algo diferente! Quero voar... Preciso voar!

Reclamava o dia inteiro o peixe, seus amigos já não aguentavam mais e falavam:

- Como pode querer voar, peixes não voam!

- Peixes normais não voam, mais eu irei voar sim! – Falava determinado.

Então ele começou a praticar, de início tentava dar pequenos saltos, mas não teve grande sucesso, praticamente não saia do lugar.

- Mas olhem que peixe bobo, quem já viu peixe voar! – Falavam os demais peixes.

Mas ele não dava ouvidos as piadinhas dos outros peixes, isso não iria tirar o seu desejo e sonho de poder voar.

E ele ficava cada vez mais motivado, treinava dia e noite, o tempo todo sem parar! Sua determinação era contagiante.

- Esse peixe é meio maluquinho em querer voar, mas a força de vontade dele é incrível de se ver. – Falou um outro peixe que observava tudo de longe.

E ele não parou, quanto mais errava, mais se esforçava...

- Um dia eu consigo, não irei desistir! – Ele falava.

Passaram-se meses, e o máximo que ele conseguia era dar pequenos saltos fora d´água.

- Desiste! Peixes não foram feitos para voar, você não irá conseguir! – Falavam para ele.

E ele já estava ficando triste e pensava...

- Irei desistir, que ideia boba essa minha de querer voar, peixes não voam!

Aquela não foi uma noite feliz, ele foi dormir muito triste e sem esperança de um dia realizar seu sonho.

- Não desista amigo, você já esta bem perto de realizar seu sonho! – Alguém falou com ele.

- Mas peixes não voam, todos os dias me falam isso. – Ele respondeu.

- Porém você não é um peixe igual a eles, você é especial, e você irá conseguir!

Essa conversa deixou o peixe bastante motivado e no outro dia logo cedo ele voltou a treinar ainda mais determinado.

- Olhem lá, o bobão voltou com aquela esperança de poder voar! – Riam os demais peixes.

- Irei mostrar a vocês quem é o bobão! – Ele falou.

E em um belo salto, como em um passe de mágica, o peixe conseguiu realizar o que ele tanto desejava, ele conseguiu voar!

E foi um voou lindo, incrível, inesquecível, que deixou os demais peixes abismados, fascinados e admirados.

Quando ele voltou, todos foram atrás dele:

- Como você conseguiu voar, foi incrível!? – Perguntaram.

- Primeiro usei a determinação, e depois um amigo muito querido me deu uma forcinha ontem a noite.

- Que amigo? – Perguntaram curiosos.

- O nome dele é Sonho, e sem a ajuda dele não realizaria esse desejo, essa vontade que tinha de voar!


Minéia Pacheco

19 comentários:

  1. Um amor, como sempre tuas historinhas!Adorei! Agora tu tens a Beatriz e eu a Marina pra contar,rs bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Que linda história! Desistir jamais! Bjs menina!

    ResponderExcluir
  3. Como sempre muito bom ler teu conto

    ResponderExcluir
  4. Ne minha filha amou e isso ai,desistir jamais.

    ResponderExcluir
  5. Linda historia, meus filhos adoraram! Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Amei suas histórias muito lindas e voltada para os pequenos. Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Adorei a mensagem da história muito educativa

    ResponderExcluir
  8. Minha filha adorou, muito legal a história. Sucesso!

    ResponderExcluir
  9. Eu amei e demais eu sou a Larissa e tenho 12 anos e amei sempre fico procura de história infantil pra dormir e logo logo acho uma que de pra dormir top demais bjs boa noite a todos 😘😘

    ResponderExcluir
  10. Que lindo. Nós adoramos😘😘😆😆🐕❤😻

    ResponderExcluir
  11. Que lindo. Nós adoramos����������❤��

    ResponderExcluir
  12. Conheci suas histórias hoje, meus filhos estão Amando. Deus abençoe por compartilhar.

    ResponderExcluir
  13. Que história linda!Meus filhos amaram

    ResponderExcluir
  14. Li para minha filha dormir, ela adorou!! ;)
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  15. Essa história é linda e uma lição de vida pois palmas para manéias Pacheco 👏👏👏👏👏👏
    Beijos !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. Lindo conto! Meus filhos adoraram! Obrigada por compartilhar...

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto