O concurso de dança da floresta!





O concurso de dança da floresta!

Os animais andavam muito agitados, há poucos dias aconteceria um concurso que ficaria na história da floresta, um belo concurso de dança!

Ao saberem do concurso, muitos dos animais começaram logo a ensaiar seus passos, não queriam dar vexame na frente dos outros participantes. E a floresta tornou-se um grande salão de dança, muito tempo antes de o concurso começar. Eram alguns ensaiando passos de jazz, outros de forró, outros de rock... E alguns preferiam tocar, tornando assim os ensaios bem mais divertidos.

O urso iria dançar jazz.

A raposa dançaria valsa.

O esquilo forró.

E o coelho rock.

Todos já estavam com seus passos muito bem ensaiados e ficaram ansiosos com a chegada do grande dia!

Mas o pequeno gafanhoto também queria dançar, também queria participar do concurso, ele não queria apenas tocar. Pediu ajuda ao urso, mas ele não parava de dançar jazz. Foi falar com a raposa, mas ela estava muito concentrada na valsa. O esquilo tentava acertar um difícil passo de forró e não deu muita atenção ao gafanhoto. Só restava o coelho, será que ele o ajudaria? Mas o coelho também não deu muita atenção ao pequeno gafanhoto, só queria dançar seu passo de rock.

- E agora, como poderei participar?

O tempo passou e o grande dia do concurso estava se aproximando, e nada do gafanhoto conseguir achar algum estilo de música para dançar. Triste, começou a tocar seu violino para espantar a tristeza. Tocou uma música muito alegre e ao ouvi-la começou a dançar e a pular, e quando deu por si, estava fazendo belos passos de sapateado.

- Eu consegui!

O grande dia do concurso chegou e todos os animais se apresentaram aos jurados. Por ordem, foram fazendo suas danças e a cada novo bicho que dançava, mais aplausos recebiam. Estavam dançando muito bem!

E o apresentador do concurso falou:

- Agora vamos chamar o ultimo participante, pode entrar Senhor Gafanhoto!

Alguns bichos se entreolharam e falaram:

- E ele iria participar? Como não o vimos ensaiar?

Então ele começou a tocar seu violino, a plateia ficou em silêncio observando a apresentação, quando a música de seu violino ficou mais agitada, ele começou a acompanhar com os pés, e não parou mais, quanto mais agitada ficava a música, mais sapateado ele fazia. A plateia não acreditava no que via, além de tocar ele estava dançando e dançando muito bem! No final da apresentação, todos ficaram de pé e o aplaudiram muito!

Vocês têm alguma dúvida de quem ganhou esse concurso?

É claro que foi o incrível gafanhoto!

Alguns amigos depois da premiação foram saber como ele havia ensaiado se ninguém o tinha visto dançar, ele respondeu:

- Vocês estavam muito ocupados com suas apresentações e não observaram nada ao redor além de vocês mesmos. Eu toquei para vocês, animei seus ensaios e quando precisei de vocês, nenhum quis me ajudar. Mas agora não importa, pois no final eu venci!

- E foi uma merecida vitória! Parabéns!

Depois daquele incrível concurso, os animais da floresta se tornaram mais solidários e começaram a ajudar mais uns aos outros. É assim que sempre devemos agir, ajudando quem precisa de nossa ajuda!


MINÉIA PACHECO!

7 comentários:

  1. Minéia, que história mais linda!
    Vou ler para os meus.
    Xeros

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Minéia
    História bonita e com profundo ensinamento para o nosso cotidiano.
    Abraços fraternos e bjs de paz.

    ResponderExcluir
  3. Emocionant e com uma maravilhosa lição!Que linda inspiração e o gafanhoto sabia das coisas...beijos,lindo dia,chica

    ResponderExcluir
  4. Muito legal!
    Parabéns.
    Aguardo vocês no Escrivaninha.
    Até aproxima.
    Abraços do Alê

    ResponderExcluir
  5. Oi Minéia, esses animais tinham que dar mais atenção pro gafanhoto né ?
    Linda historinha bjs Neno

    ResponderExcluir
  6. Oi Minéia,
    passando aqui para pegar historinhas para a Sofia. Ela ama. Não dorme mais sem as suas historinhas.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá vou usar um de seus texto para trabalhar o dia dos animais. Mas darei os créditos. São lindas as histórias.

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto