A festa de fim de ano da floresta!

      Fonte da imagem AQUI!


Os animais andavam agitados, pela primeira vez em toda a história da floresta, eles iriam fazer uma festa de fim de ano. Mas como essa festa ficaria na história na floresta, eles decidiram que não poderia ser uma festa qualquer, deveria ser um festão!

- Já que sou o rei da floresta, irei distribuir a função de cada um para nossa festa de fim de ano. - Falou o leão.

O macaco quis logo questionar e tomar o lugar do rei das selvas, mas o leão deu um forte rugido e, com medo, o macaco pulou para longe e não falou mais nada.

- Nossa festa tem que ser linda, pois iremos comemorar o fim de um ano e o começo de outro. Tudo tem que ser perfeito. Então o senhor elefante irá cuidar da nossa alimentação, como você é grande irá trazer todos os alimentos e muita água para todos os animais.

- Mas rei leão... – Quis questionar o elefante, mas o leão deu um forte rugido que o elefante estremeceu.

- Tudo bem, tudo bem. – O elefante saiu falando morrendo de medo.

E o leão continuou:

- A dona girafa irá ornamentar toda a floresta na parte superior e a dona cobra ornamentará a parte inferior da floresta, certo assim?

- Claro que sim! – Falaram as duas de uma só vez.

- O macaco como é bom em pular de galho em galho, irá convidar todos os animais e o gorila irá com você para ajudar e convidar mais rápido todos os animais da floresta. Vocês ficarão com essa função.

- Mas não sei se quero essa função. – Falou o gorila.

E depois de um forte rugido que estremeceu toda floresta o leão falou:

- Você quer sim!!

- Tudo bem, só estava brincando. – Falou o Gorila. Vamos macaco, vamos rápido!

- Eu, o leopardo e o trigue, iremos limpar toda essa parte da floresta, pois será aqui nossa festa. Agora vamos todos trabalhar! – E rugiu forte.

- Nossa esse leão está se achando, ele pensa que pode falar assim com a gente, tenho até medo de ir para essa festa logo mais. – Falou o elefante.

A girafa e a cobra também conversaram quando saíram de perto do leão.

- Nossa dona cobra que rei mandão, não custava nada ele perguntar nossa opinião.

- Também acho dona girafa, estou até sem vontade de ir para essa festa. – Falou a cobra.

- Eu também! – Falou a girafa.

O gorila e o macaco também questionaram:

- Macaco, que leão mais chato. Ele pensa que manda em tudo e em todos? – Falou o gorila.

- Também acho gorila, desse jeito não tenho nem vontade de ir a essa festa. – Falou o macaco.

- Nem eu! – Falou o gorila.

Quanto isso...

- Pronto, terminamos nossa função aqui. – Falou o leão.

- Leão, você não acha que foi muito mandão? – Perguntou o tigre.

- Pois é leão... – Falou o leopardo.

-Mandão eu? Claro que não! Sou apenas o rei da floresta e tenho que fazer minha função de mandar nos demais animais.

- Mas, não custava nada você ouvir a opinião de cada um. – Falou o leopardo.

- Pois é, saber o que cada um mais gostava de fazer. – Falou o tigre.

- Deixe de bobagem, se fosse perguntar o que cada um queria fazer, iríamos passar o dia todo aqui e a nossa festa de fim de ano será logo mais, não tinha tempo para isso.

E a hora da festa chegou...

- Não é estranho não ter chegado nenhum animal para nossa festa? – Perguntou o Leopardo.

- Pois é, já está na hora da festa e ninguém chega. – Falou o tigre.

- Calma amigos, logo eles chegarão. – Falou o leão.

E o tempo passou, passou e nenhum animal chegou...

- Alguma coisa aconteceu. – Falou o tigre.

- Acho que a culpa foi do macaco e do gorila que não passaram o local da festa corretamente. – Falou o leão, muito zangado. Vamos atrás deles!

- Vamos!! – Falaram o tigre e o leopardo de uma só vez.

Eles correram, correram, mas não acharam nenhum animal na floresta, nem mesmo uma pequena formiga, todos haviam sumido. Ficaram o pouco em silencio e ouviram de longe o som de uma música.

- Vamos seguir esse som. – Falou o leão.

Eles correram tanto, tanto, tanto... Enfim acharam de onde vinha o som, todos os animais estavam lá e o leão logo gritou.

- O que está acontecendo aqui? – Ele perguntou com um forte rugido.

Os animais estremeceram, quiseram fugir e tiveram muito medo do leão que estava muito zangado.

O macaco como era o mais corajoso de todos, logo falou:

- A festa de fim de ano é um momento especial e devemos estar com pessoas que gostamos, que nos fazem bem, para comemorar com muita alegria o novo ano que estar por vim. Todos nós temos muito medo de você e não gostamos nada, nada de como nos tratou e por isso, resolvemos fazer nossa própria festa longe de animais chatos como você.

O leão se sentiu triste, se sentiu excluído, não questionou nada do que o macaco havia falado e deu a meia volta para sair daquela festa onde ele não era bem vindo.

- Calma amigos, não apenas nas festa de fim de ano, mas durante todo ano devemos também praticar o perdão, tenho certeza de que o leão está arrependido de tudo que fez, não é leão? – Falou o tigre.

- Não pensava que tinha magoado tanto vocês, apenas tentei fazer o que todo rei deve fazer, MANDAR! Mas acho que agi mal e magoei todos. Vocês me perdoam?

Os animais se entreolharam, será que o leão estava falando de coração?

- Vamos lá pessoal, é nossa primeira festa de fim de ano, vamos torna-la especial, vamos perdoar o leão e participar todos juntos desta festa maravilhosa. – Falou o leopardo.

-Nós te perdoamos leão, vem que a festa é nossa!! – Falaram todos os animais de uma só vez.

E o leão entrou na festa, entrou feliz, entrou leve, entrou um novo leão, menos mandão e mais amigos de todos animais.

- 5,4,3,2,1............... Feliz Ano Novo!!! – Gritaram os animais a floresta.

E aquela festa, com certeza, foi inesquecível para todos os animais da floresta, pois foi a partir dela que o animal mais poderoso da floresta reconheceu que não importa a posição que ocupamos, devemos sempre ouvir o próximo, parar para escutar o que o outro tem a nos dizer, pois só assim podemos fazer amigos de verdade!



Um Feliz 2014 para Você!




Autora: Minéia Pacheco

5 comentários:

  1. Olá, Minéia!
    Desejo a você e sua família um novo ano com muitas alegrias, paz,saúde e felicidade!
    Depois voltamos com mais tranquilidade para ler o seu conto.
    FELIZ ANO NOVO!!!
    Beijinhos
    Pedro

    ResponderExcluir
  2. Que linda história,Minéia! Desejo que 2014 seja lindo pra ti e tua família e que tuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom nele aconteça. Também adorei ter conhecido vocês em 2013 ! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Linda história e com uma bela lição: respeitar, ouvir e trabalhar coletivamente, que neste ano q se inicia suas histórias continuem nos proporcionando incríveis aprendizados. Ótimo 2014! Bj.

    ResponderExcluir
  4. Essa foi uma boa lição para todos nós

    ResponderExcluir
  5. Feliz ano novo Minéia!
    Obrigada pela sua presença sempre carinhosa em minha página durante o ano que passou.
    Parabéns por mais esta criação.
    Um feliz 2014 para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.(Antoine de Saint-Exupéry)

...Agradeço a visita e o comentário!...

Volte sempre!

Beijinhos, Minéia Pacheco

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Contos para criança ler, ouvir e sonhar! © Desenvolvido por Elaine Gaspareto